Aedes do Bem! na região central de Piracicaba

Detalhe da Catedral de Piracicaba, na região central da cidade (Foto: Alexandre Carvalho/Divulgação)
Detalhe da Catedral de Piracicaba, na região central da cidade (Foto: Alexandre Carvalho/Divulgação)
Liberação de mosquitos que combatem o Aedes aegypti selvagem começou hoje em 11 bairros da região central

Começaram nesta terça-feira, 19 de julho, as liberações do Aedes do Bem! em 11 bairros do centro expandido de Piracicaba. Confira abaixo as respostas para algumas das dúvidas mais frequentes sobre a expansão do projeto.

Quais os bairros serão tratados pelo Aedes do Bem! na região central?
O Aedes do Bem! Será utilizado para tratar 11 bairros. São eles: Centro, Cidade Alta, Cidade Jardim, Clube da campo, Jardim Monumento, Nhô Quim, Nova Piracicaba, Parque da Rua do Porto, São Dimas, São Judas, Vila Rezende. Neles moram cerca de 60 mil pessoas em uma área equivalente a 168 campos de futebol.

Todos os bairros da região central receberão o Aedes do Bem! ao mesmo tempo?
Não, o uso do Aedes do Bem! será feito de forma escalonada. O primeiro bairro a receber o Aedes do Bem! será o São Judas que tem uma população de cerca de 3,6 mil pessoas. A liberação nesse bairro deve começar em julho. Nos meses subsequentes, o Aedes do Bem! começará a ser paulatinamente liberado no restante dos bairros.  A ordem da liberação nesses bairros será feita com base em critérios técnicos estabelecidos pela Prefeitura de Piracicaba em conjunto com a Oxitec.

Os 11 bairros que irão receber o projeto a partir de agora, além do CECAP/Eldorado, que já é tratado desde 2015
Os 11 bairros que irão receber o projeto a partir de agora, além do CECAP/Eldorado, que já é tratado desde 2015

Quando a fábrica do Aedes do Bem! em Piracicaba entrará em operação?
O início de funcionamento está previsto para o final do segundo semestre de 2016.

 Quanto tempo irá durar o Projeto Aedes do Bem! na região central de Piracicaba?
O Projeto terá duração inicial de 2 anos. Após esse período será feito o monitoramento da área por mais 2 anos.

Quanto tempo deve demorar até que a população de Aedes aegypti selvagem seja reduzida nesses 11 bairros?
A expectativa é que os primeiro resultados apareçam após quatro a seis meses de uso do Aedes do Bem!.

Por qual motivo essa foi a região escolhida para receber a nova fase do Aedes do Bem!?
Além de ter uma alta incidência de casos de dengue, a região central de Piracicaba é o local de maior circulação de pessoas na cidade. Muitos moradores que vivem em outros bairros passam por lá diariamente para trabalhar, fazer compras etc. O objetivo é proteger o maior número possível de pessoas.